Turiya Renováveis e Instituto Federal do Ceará firmam parceria em hidrogênio verde

Publicado

18/Jul/2022 17:05 BRT

A Turiya Renováveis, joint venture de geração de energia renovável da Indra Energia e da Safira, anunciou parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) para o desenvolvimento de novas tecnologias de produção de hidrogênio verde. O objetivo, segundo a empresa, é desenvolver alternativas mais baratas e sustentáveis na obtenção deste ativo.

O projeto utilizará o método de fotocatálise e será parcialmente financiado pela Turiya Renováveis, que acompanhará o trabalho da equipe de professores e alunos do Instituto. De acordo com o professor Bruno César, coordenador do projeto, a eletrólise convencional para obtenção de hidrogênio verde é um processo mais caro, além de demandar muita energia elétrica e água para o seu funcionamento, de forma que a fotocatálise poderá ser utilizada como processo alternativo.

“A nossa proposta é contribuir para o desenvolvimento de tecnologias que viabilizem a obtenção de hidrogênio verde no Brasil, para utilização como mais uma fonte alternativa renovável. Acreditamos que o país será pioneiro nesse setor e deve se tornar um dos principais fornecedores globalmente”, afirma Ingrid Santos, CEO da Turiya Renováveis. “O hidrogênio verde permitirá reduzir a dependência da energia hidráulica e contribuirá para a diversificação da matriz energética, não apenas no Brasil, além de ajudar na redução das emissões de CO2”.

Além disso, o professor Bruno César também destaca a possibilidade do uso da energia solar e da biomassa como fontes de energia para o processo de fotocatálise, o que visa reforça a sustentabilidade tanto econômica quanto ambiental do projeto. Segundo a Turiya Renováveis, os estudos serão direcionados para a síntese de catalisadores de baixo custo e alta performance, bem como para o desenvolvimento de sistemas reacionais que possibilitem sua aplicação em grande escala.

“Estudos no sentido de viabilizar o processo do ponto de vista econômico têm sido incentivados em diversos centros de estudo, e a Turiya quer apoiar as pesquisas nessa direção”, diz Ingrid Santos.

A empresa afirma, ainda, que o método da fotocatálise não pretende substituir o processo de eletrólise, mas se colocar como mais uma alternativa na produção de hidrogênio verde no Brasil.