Covid-19: Inadimplência acumulada alcança 8,12%

Natália Bezutti
Por Natália Bezutti
23/Jun/2020 18:22 BRT
A inadimplência acumulada desde 18 de março pelos valores devidos às distribuidoras de energia elétrica alcançou 8,12%, refletindo em um impacto R$ 3,4 bilhões.  Os dados constam no Boletim de Monitoramento do Setor Elétrico divulgado pelo Ministério de Minas e Energia (MME) na última segunda-feira, 22/06, e analisam o período de medidas restritivas impostas pela pandemia. Na soma dos últimos 30 dias, a inadimplência ficou em 4,73% contra a média mensal do primeiro semestre de 2019 de 2,40%. O comportamento, no entanto, é considerado atípico e não deve ser manter durante as próximas semanas. O impacto estimado da covid-19 para...

QUER ACESSAR UM MEGA CONTEÚDO SOBRE O MERCADO DE ENERGIA?

Navegue por milhares de dados, crie gráficos, leia análises, previsões, notícias, faça contatos e ganhe cada vez mais conhecimento

O cadastro é simples e basta preencher os campos abaixo. No futuro, o acesso será exclusivo para assinantes e você será avisado sobre essa mudança com antecedência.