Depois de GSF, agenda da CCEE defende a modernização da matriz elétrica

Natália Bezutti
Por Natália Bezutti
29/Jun/2020 17:50 BRT
Retirado da pauta do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), o julgamento dos processos relacionados à cobrança do risco hidrológico - que acumula quase R$ 9 bilhões em liminares - continua como prioridade número um da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) para 2020. No entanto, superado o tema, o que a entidade espera que ocorra em breve, o próximo passo deve ser a modernização da matriz elétrica brasileira. A retirada da pauta ocorreu por pedido dos próprios geradores, acreditando que o Projeto de Lei 3.975, que trata do assunto, seja discutido pelo Senado Federal. Segundo Rui Altieri, presidente do...

QUER ACESSAR UM MEGA CONTEÚDO SOBRE O MERCADO DE ENERGIA?

Navegue por milhares de dados, crie gráficos, leia análises, previsões, notícias, faça contatos e ganhe cada vez mais conhecimento

O cadastro é simples e basta preencher os campos abaixo. No futuro, o acesso será exclusivo para assinantes e você será avisado sobre essa mudança com antecedência.