Conteúdo de Marca

A transformação digital do mercado livre de energia

Conteúdo de Marca

A transformação digital do mercado livre de energia

*Branded Content O perfil da matriz elétrica brasileira mudou, assim como as formas de negociação e de contratos, principalmente, no ambiente de contratação livre de energia: mais amplo, dinâmico e com uma maior granularidade de informações. A base de clientes aumentou, assim como o volume de negociações - ainda que em valores menores. Nos quatro primeiros meses deste ano, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) registrou mais de 19 mil processos de migração de consumidores com demanda inferior a 0,5 MW. A expectativa da agência é que o ano de 2024 termine com 27 mil processos, num horizonte de mais de 200 mil consumidores enquadrados no grupo A, de alta e média tensão que poderão migrar nos próximos anos.

O novo passo da Shell Energy para o setor de energia elétrica no Brasil

Conteúdo de Marca

O novo passo da Shell Energy para o setor de energia elétrica no Brasil

A marca Shell Energy está dando um novo passo no mercado de energia elétrica no mês de maio para expandir o seu público. A expansão será por meio da Prime Energy, adquirida em 2023, que vai disponibilizar o acesso aos produtos e serviços com preços competitivos e acesso à energia renovável para empresas consumidoras de energia de pequeno, médio e grande portes, tanto do ambiente de contratação livre quanto do regulado – o que significa um mercado de 14 milhões de consumidores. A Shell Energy é a marca da gigante Shell que oferece comercialização de energia elétrica, produtos ambientais e gás natural. Neste novo passo, a ideia é juntar a experiência brasileira de 15 anos da Prime Energy, que veio com 170 colaboradores e uma oferta completa de produtos, com a confiabilidade e a robustez da Shell, que completou 111 anos no Brasil em abril, e assim dar mais segurança para que os consumidores empresariais busquem alternativas para suas soluções de energia elétrica.

Shell Energy expande portfólio com soluções de energia olhando consumidor de varejo

Conteúdo de Marca

Shell Energy expande portfólio com soluções de energia olhando consumidor de varejo

*Branded content A expansão do mercado livre de energia e da geração própria de energia elétrica vêm cada vez mais atraindo a atenção dos grandes grupos que atuam no segmento às empresas consumidoras de energia. É o caso da Shell Energy, marca global da Shell voltada para o cliente associada à comercialização de energia, gás natural e produtos ambientais, que oferece soluções integradas para atender as demandas dos clientes em suas jornadas de descarbonização. A Shell Energy Brasil atua no mercado brasileiro desde 2017, apostando na oportunidade de contribuir com a descarbonização dos vários setores industriais e comerciais no país. Em 2023, as transações de energia elétrica somaram cerca de 7 TWh, e com a entrada da Prime Energy para o Grupo Shell no final deste ano, a empresa está focando na comercialização de energia elétrica no atacado, ao mesmo tempo que vem desenvolvendo um papel importante no novo mercado de gás, buscando a diversificação para ampliar a modalidade de clientes neste mercado.

Setor vive ‘década de ouro’ e busca superar entraves para alcançar R$ 1 trilhão em investimentos até 2035

Conteúdo de Marca

Setor vive ‘década de ouro’ e busca superar entraves para alcançar R$ 1 trilhão em investimentos até 2035

O setor de energia entra em uma década decisiva para superar entraves regulatórios e legais de forma que o mercado brasileiro continue a atrair investimentos, com segurança jurídica, regras claras e expansão de renováveis. Na soma de todos os investimentos previstos até 2035, são mais de R$ 1 trilhão em eólicas offshore, expansão da fotovoltaica, desenvolvimento do hidrogênio, combustível do futuro, além do mercado de carbono, calcula Marcelo Moraes, CEO do Fórum Brasileiro de Líderes em Energia.

Retomada da volatilidade demanda transparência e investimento para o mercado livre e marca o início das operações da N5X

Conteúdo de Marca

Retomada da volatilidade demanda transparência e investimento para o mercado livre e marca o início das operações da N5X

Depois de quase dois anos sem grandes oscilações, o mercado livre de energia iniciou 2024 apostando no aumento dos preços, ancorado num período de chuvas abaixo da média histórica (MLT) e de uma maior complexidade de despacho do sistema - entre o aumento das fontes renováveis intermitentes e as descentralizadas.  Para se ter uma ideia, o mês de janeiro na plataforma BBCE, encerrou o mês com recorde de volume transacionado e todos os indicadores mais que dobraram. Foram, ao todo, aproximadamente 66 mil GWh negociados, alta de 111% em comparação com dezembro e 113% em relação a janeiro de 2023.

Scatec planeja investir no Brasil e trazer experiência de projetos híbridos

Conteúdo de Marca

Scatec planeja investir no Brasil e trazer experiência de projetos híbridos

Branded Content Consolidada em países em desenvolvimento com projetos de geração renovável, a norueguesa Scatec aposta em uma presença de longo prazo no Brasil, com espaço para novas tecnologias, incluindo híbridos com baterias. A companhia nasceu em 2007, na Noruega, inicialmente com foco em geração solar fotovoltaica. Em 2021, adquiriu a SN Power, diversificando seu portfólio, se consolidando como uma provedora completa de geração pelas fontes solar fotovoltaica, eólica e hídrica, além de soluções de armazenamento.

Prêmio Abradee chega à 25ª Edição contribuindo com melhora do serviço de distribuição

Conteúdo de Marca

Prêmio Abradee chega à 25ª Edição contribuindo com melhora do serviço de distribuição

Em um cenário de transformação do papel do consumidor e da distribuidora de energia elétrica no mercado, o Prêmio Abradee chega a sua 25ª Edição contribuindo para a melhora da qualidade do serviço prestado e no fomento das melhores práticas que levam as empresas a serem reconhecidas ano após ano. Em 25 anos de realização ininterrupta do prêmio que elege as empresas de distribuição de energia que mais se destacaram no cenário nacional, a realidade do setor passou por transformações importantes e o rigor dos consumidores aumentou, assim como a importância da energia elétrica em todos os mercados. “Na medida em que são incluídos novos agentes, seja pela abertura de mercado, pela geração distribuída, ou outros recursos energéticos, vai se criando uma maior exigência e competitividade no setor. O próprio modelo regulatório faz que as empresas sejam mais competitivas", destacou Marcos Madureira, presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), entidade que realiza o prêmio por meio do Instituto Abradee de Energia.

Eneva revela planos para o Hub Sergipe: gás para grandes clientes e leilões do setor elétrico

Conteúdo de Marca

Eneva revela planos para o Hub Sergipe: gás para grandes clientes e leilões do setor elétrico

*Conteúdo oferecido pela Eneva A Eneva investiu e se transformou nos últimos cinco anos a partir da diversificação do seu portfólio de ativos, passando a oferecer novas soluções para geração de energia para o mercado regulado e até mesmo realizando a venda do gás diretamente para clientes industriais. Outro aspecto da expansão da empresa, em especial em 2022, foi estar presente em outras localidades, ampliando oportunidades de negócio e garantindo novas receitas. Da fonte fotovoltaica no sertão da Bahia, por meio do Complexo Solar Futura, à pioneira operação Azulão-Jaguatirica, que leva gás natural liquefeito em carretas por 1.100 km no meio da Amazônia para garantir a segurança energética de Roraima, a Eneva consolidou posição de destaque no setor, em especial nas Regiões Norte e Nordeste.