Empresas

Tendo varejista como ‘menina dos olhos’, Migratio espera crescer 25% em 2024

O grupo Migratio Energia, que completa 12 anos nesta quinta-feira, 18 de abril, espera crescer na casa dos 25% em 2024. Só nos três primeiros meses do ano, o braço varejista da empresa migrou para o mercado livre mais de 100 clientes. “Para este ano, a Migratio tem a meta de alcançar um faturamento de R$ 300 milhões, comercializar 215 MW médios e fechar dezembro com mais de 600 consumidores (atacadistas e varejistas) e geradores livres”, informou Hélio Lima, sócio-diretor e fundador da organização.

Tendo varejista como ‘menina dos olhos’, Migratio espera crescer 25% em 2024

O grupo Migratio Energia, que completa 12 anos nesta quinta-feira, 18 de abril, espera crescer na casa dos 25% em 2024. Só nos três primeiros meses do ano, o braço varejista da empresa migrou para o mercado livre mais de 100 clientes.

“Para este ano, a Migratio tem a meta de alcançar um faturamento de R$ 300 milhões, comercializar 215 MW médios e fechar dezembro com mais de 600 consumidores (atacadistas e varejistas) e geradores livres”, informou Hélio Lima, sócio-diretor e fundador da organização.

A expansão da base de clientes deve-se principalmente à abertura do mercado para todos os consumidores do grupo A. “Estamos fazendo um esforço grande para captar também esses contratos menores, via a nossa operação varejista, que hoje é a nossa menina dos olhos”, acrescenta Lima.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 2023, a empresa registrou crescimento de quase 30%, fechando com faturamento de R$ 239 milhões. “Ainda temos muito a crescer, não só na gestão de consumidores e geradores de energia, mas, também, na comercialização de gás natural e de biometano, na geração de energia por meio de biogás e biomassas e no desenvolvimento de projetos para a produção de hidrogênio e amônia verdes”, detalha Fábio Saldanha, sócio-diretor e fundador do Grupo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Novos sócios

Neste mês em que comemora doze anos, a empresa convidou cinco executivos a se tornarem sócios: Ana Caroline Rosa Pelegrineti de Lara, que integra a área de Comercialização de Energia no Varejo e Atacado; Elizandra Carrari, do Financeiro e Administrativo; Ícaro Fantin Abitante, da Gestão de Consumidores e de Geradores de Energia; Tailyse Catossi, da área de Trading e Varejo de Energia; e Weslley Ortolan, do Comercial.

O grupo Migratio foi constituído em 2012, tem sede em Limeira, São Paulo, e reúne mais de 30 colaboradores nas suas cinco empresas voltadas à economia de transição energética. As unidades de negócio abrangem a gestão e comercialização de energia elétrica no mercado livre, gestão e comercialização de gás natural e biometano, o desenvolvimento de projetos próprios e para terceiros nos segmentos de bioenergia e para a produção de hidrogênio e amônia verdes: Migratio Energia (comercializadora), Migratio Consultoria, Migratio Gás, Migratio Bioenergia e Begreen.