Leilões

Aneel deve discutir amanhã edital de leilão de transmissão com R$ 19,7 bi em investimentos

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai deliberar na reunião ordinária de terça-feira, 14 de março, a abertura de uma consulta pública que vai debater o segundo leilão de transmissão deste ano, que deve envolver R$ 19,7 bilhões em investimentos, com destaque para um bipolo em corrente contínua que vai conectar o Maranhão a Goiás.

Aneel deve discutir amanhã edital de leilão de transmissão com R$ 19,7 bi em investimentos

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai deliberar na reunião ordinária de terça-feira, 14 de março, a abertura de uma consulta pública que vai debater o segundo leilão de transmissão deste ano, que deve envolver R$ 19,7 bilhões em investimentos, com destaque para um bipolo em corrente contínua que vai conectar o Maranhão a Goiás.

Esse será o primeiro bipolo de corrente contínua indicado por estudos da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) para reforçar a interligação do Norte e do Nordeste com o restante do país, permitindo reforçar o escoamento da energia renovável para os centros de carga. Além desse, estão sendo conduzidos estudos para mais reforços, incluindo um segundo bipolo, conectando o Rio Grande do Norte a São Paulo.

Segundo a nota técnica preparada para fundamentar a decisão da diretoria, o leilão deve acontecer em 27 de outubro, e envolver três lotes, somando 4.471 km de linhas de transmissão e 9.840 MVA em capacidade de transformação. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No lote 1, está incluindo um bipolo de 2.936 km em 800 kV, a fim de aumentar a capacidade de interligação entre as regiões Nordeste e Centro-Oeste para o escoamento de excedentes da geração. O linhão vai passar por Mato Grosso, Tocantins e Goiás. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O lote 2 trata de duas linhas de transmissão de 500 kV, com 330 km e 221 km, respectivamente, entre os estados Goias, Minas Gerais e São Paulo, para expandir as interligações regionais e a capacidade de exportação do Norte e do Nordeste.

O último lote inclui uma linha de transmissão de 388 km em 500 kV em São Paulo, também para expandir as interligações regionais.

O cronograma apresentado pela Aneel prevê que a consulta pública fique vigente entre os dias 17 de março e 2 de maio, com aprovação da minuta do edital, para posterior envio ao Tribunal de Contas da União (TCU), em 30 de maio.  

Em fevereiro, a Aneel aprovou o edital do primeiro leilão de transmissão deste ano. O certame, previsto para 30 de junho, deve reunir investimentos da ordem de R$ 15,8 bilhões, divididos em nove lotes. A Aneel planeja ainda um terceiro leilão de transmissão em 2023, a ser realizado em dezembro.

Matéria bloqueada. Assine para ler!
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Integer hendrerit dui quis libero molestie, sit amet laoreet urna viverra. Nullam nisi elit, semper et libero.