GreenYellow vai investir R$ 500 milhões no Brasil em 2022

Publicado

24/Mar/2022 12:00 BRT

A GreenYellow, empresa francesa de soluções energéticas como geração solar, gestão e eficiência energética, pretende investir R$ 500 milhões no Brasil este ano, acima dos R$ 350 milhões investidos em 2021, a fim de aproveitar o último ano das regras vigentes da geração distribuída e conectar novos 50 MW em projetos, disse Roberto Zerkowski, presidente da GreenYellow no país.

No ano passado, o faturamento da GreenYellow cresceu 83%, a R$ 303,1 milhões, quando atingiu uma potência instalada em operação de 86 MWp, crescimetno de 72% ma base anual.

Em 2023, os objetivos são ainda mais ambiciosos. "Estamos falando aí provavelmente em 100 MW, mas pode ser mais, 125 MW, 150 MW", disse Zerkowski. Segundo o executivo, a ideia é que os próximos obtenham parecer de acesso ainda em 2022, para que as regras atuais para geração distribuída possam ser aplicadas.

"Estamos explorando novos upsides que possam compensar as regras novas para os negócios a partir do ano que vem. Já temos um pipeline em desenvolvimento, o desafio agora é haver equilíbrio no mercado", disse o executivo.

A companhia também tem planos no segmento de mobilidade elétrica, com a intenção de instalar 100 postos de recarga, com início neste ano.

Os negócios de eficiência energética e soluções não ficam de fora. "Continuaremos investindo na digitalização do setor energético, investindo mais de R$ 8 milhões no desenvolvimento e evolução de soluções digitais e na aplicação de inteligência de dados. Neste âmbito, o foco será em duas frentes: solução de gestão de faturas, com o qual pretendemos gerenciar mais de 780 mil faturas neste ano, frente a 320 mil em 2021, e de hipervisão de dados dos sistemas, utilizada para monitoramento de performance de eficiência, que será lançada ao mercado neste ano", afirmou.