Neoenergia contrata financiamento 'verde' de R$ 550 milhões com a IFC

Publicado

11/Jul/2022 21:46 BRT

A Neoenergia Coelba assinou contrato para tomar um empréstimo de R$ 550 milhões com a International Finance Corporation (IFC), do Banco Mundial, em um financiamento enquadrado como "verde", atrelado a metas ESG.

Caracterizado como "super green loan", o financiamento terá prazo de oito anos, sendo dois de carência para o principal, e os recursos serão destinados a melhorias e expansão da rede e digitalização da distribuidora da Neoenergia na Bahia. Segundo a companhia, este é o primeiro empréstimo do tipo concedido pela IFC a uma distribuidora de energia no Brasil.

As metas acordadas serão apuradas em 2026 e, caso atendidas, vão reduzir o custo contratado da dívida. O contrato inclui metas ambientais e de gênero, como redução das emissões de carbono, abaixo de 50g de CO2 por KW gerado, e a inclusão de mulheres no setor elétrico, alcançando 10,7% de mulheres eletricistas na companhia

"A agenda ESG faz parte da estratégia de negócios da Neoenergia e permeia todas as nossas ações para o desenvolvimento sustentável. Vincular esse financiamento a metas ambientais, sociais e de governança traz transparência à nossa atuação e reforça o nosso compromisso com o setor de energia do país", disse, em nota, Eduardo Capelastegui, que assumirá como CEO da Neoenergia a partir de 15 de julho de 2022.