Banco Europeu financia 400 milhões de euros para energia solar e baterias na Grécia

Maria Clara Machado

Autor

Maria Clara Machado

Publicado

05/Jan/2024 11:08 BRT

O Banco Europeu de Investimento anunciou financiamento de 400 milhões de euros para projetos de geração solar e armazenamento de energia da empresa grega Mytilineos. O projeto deve entrar em operação em 2027, com potência de aproximadamente 2,6 GW. O custo total da iniciativa é estimado em 2,5 bilhões de euros.

As novas plantas deverão ser instaladas em regiões da Grécia e de outros estados-membros da União Europeia. Em nota, o Banco Europeu de Desenvolvimento informa que o investimento será realizado em áreas de renda per capita mais baixa do que a média da União Europeia, “afirmando o comprometimento do banco em crescimento equitativo e convergência dos padrões de qualidade de vida”.

Além do desenvolvimento de geração solar e de capacidade de armazenamento, o empréstimo ajudará a modernizar o grid existente e possibilitará um melhor gerenciamento do abastecimento de energia, aumentando a confiabilidade dos sistemas e preparando para a demanda futura. A expectativa é que os sistemas forneçam informações em tempo real para os consumidores finais de energia, facilitem a economia de energia e apoiem a resposta à demanda.

O financiamento terá prazo de 10 anos e faz parte do RepowerEU, plano multibilionário da União Europeia para reduzir a dependência de combustíveis fósseis importados, acelerar a transição energética e colaborar para que a Europa tenha emissões líquidas zero até 2050.