Albioma planeja mais 29MWp em operação em 2024 e quase dobra atuação no Brasil

Maria Clara Machado

Autor

Maria Clara Machado

Publicado

10/Jan/2024 16:15 BRT

Categoria

GeraçãoSolar

A Albioma fechou nos últimos meses 12 novos projetos de minigeração distribuída. Com potência total de 29MWp, estes projetos praticamente dobrarão a atuação da empresa no Brasil, que atualmente tem portfólio de 31,6 MWp.

Os novos projetos são para geração compartilhada e estarão localizados nos estados de Minas Gerais, Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Todos eles são de fonte solar fotovoltaica e têm operação comercial prevista para 2024.

A empresa já atua nos estados de Goiás, São Paulo, Piauí e Pernambuco. Com as novas usinas, a Albioma passa a atuar também em Minas Gerais e Mato Grosso do Sul.

“Ainda não atingimos nossa meta de novos investimentos em projetos do GD I [geração distribuída I]. Seguimos trabalhando para viabilizar novos projetos tanto nos estados onde já atuamos, como avaliando novas praças nas quais a taxa de retorno seja atrativa, dentre elas, o Ceará, Bahia, Rio Grande do Norte e Mato Grosso”, declarou em nota o diretor presidente da Albioma no Brasil, Christiano Forman.

GD I é a definição dos projetos de geração distribuída enquadrados na regra anterior à Lei 14.300 de 2022, que definiu o fim gradual da compensação integral dos créditos dos consumidores.

Para atingir a meta de investimento, a Albioma tem trabalhado desde o início de 2023 com a assessoria financeira da Watt Capital na análise de projetos e, mais recentemente, também na estruturação de financiamento.