Para concluir complexo eólico, 2W obtém R$ 275 milhões com BNB – Edição da Manhã

Publicado

02/Ago/2022 10:25 BRT

Categoria

MegaExpresso

Para cumprir o cronograma de colocar de pé o complexo eólico Kairós Wind até meados de 2023, no Ceará, a 2W Energia foi ao mercado buscar novos recursos para construção do parque cujos investimentos somam R$ 1,4 bilhão e que terá 261 megawatts (MW) de capacidade instalada, informa o Valor Econômico.

Para a fase 1 do complexo, com 112,5 MW, a empresa fechou a captação de R$ 275 milhões com o Banco do Nordeste (BNB) no prazo de 24 anos. O valor se soma a outros R$ 147 milhões assinados em maio deste ano. Isso totaliza aproximadamente R$ 422 milhões em dívida com o BNB para o complexo Kairós.

Outros R$ 228 milhões foram aportados via equity, já que em 2021 a empresa se capitalizou através de uma debênture com o Credit Suisse de R$ 400 milhões.

Aneel dá ultimato a térmicas em atraso, que devem ter contratos cancelados

A Folha de S. Paulo traz informações a respeito da solicitação feita pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) para que notifique os geradores que não entraram em operação, e a câmara deu início ao procedimento ontem (01/08).

Térmicas a gás "antiapagão" que estão atrasadas e não entraram em operação no domingo (31/07) começam a ser notificadas de que podem ter os contratos suspensos. Na lista estão 11 usinas de um total de 17 que, em outubro do ano passado, venceram o PCS (Procedimento Competitivo Simplificado), um leilão emergencial para fornecimento de energia.

Feita a notificação, as usinas terão 15 dias para regularizar a situação. Ao final desse prazo, a câmara deverá informar a situação de cada usina para que a agência possa dar prosseguimento à rescisão contratual de quem não regularizar o fornecimento da energia.

Setor de óleo e gás vai investir R$ 102 bilhões no país até 2025, mostra pesquisa

O setor de óleo e gás vai investir R$ 102 bilhões até 2025 e gerar cerca de 500 mil empregos em exploração e produção de petróleo no país, segundo previsão da Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Petróleo (Abespetro), que publica nesta terça-feira (02/08) seu caderno setorial com propostas e desafios para o segmento após um jejum de quatro anos.

De acordo com a publicação, além da geração de emprego e de renda, o setor gerou no ano passado uma arrecadação de R$ 104 bilhões, se for levado em conta o pagamento de bônus de contratações de blocos exploratórios, royalties, participações especiais, tributos, dividendos distribuídos pela Petrobras e a parcela da União proveniente do regime de partilha do pré-sal. As informações foram publicadas pelo jornal O Globo.

Pesquisadores brasileiros aprimoram técnica para obter hidrogênio verde

O Valor Econômico informa que o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), instalado em Campinas (SP), está trabalhando em uma forma de aprimorar a fotoeletrólise – técnica usada para quebrar as moléculas da água e obter o hidrogênio. E chegou a um resultado promissor. Agora, a ideia é criar um protótipo de “reator solar”, ressalta a reportagem.

Os pesquisadores do CNPEM combinaram germânio e hematita (óxido de ferro) para obter uma corrente elétrica maior com fotoeletrólise. Eles conseguiram dobrar seu próprio resultado, de 2019, e bater o recorde latino-americano, com 3,2 miliamperes por centímetro quadrado, o que também é considerado um dos melhores resultados mundiais. Os dados do trabalho foram publicados na revista científica “Journal of Materials Chemistry A” após revisão por pares.

“O que fizemos foi melhorar um processo já conhecido, usando um material abundante no mundo inteiro para absorver luz do sol e quebrar a molécula da água”, resume Edson Leite, pesquisador do CNPEM.

PANORAMA DA MÍDIA

O principal destaque da edição de hoje (02/08) do Valor Econômico é a estreia da tecnologia 5G em São Paulo, na próxima quinta-feira (04/08). O lançamento trará a versão mais sofisticada da nova tecnologia, o chamado 5G “puro”. O prazo para início do serviço estava em aberto, mas foi possível prever uma data porque a liberação de rede, necessária para viabilizar a tecnologia, está avançada. No entanto, a decisão deve ser confirmada hoje, em uma reunião extraordinária do Grupo de Acompanhamento da faixa de 3,5 GHz (Gaisp). O colegiado é liderado pela Anatel, o órgão regulador do setor.

*****

O jornal O Estado de S. Paulo traz como manchete a informação de que a Câmara dos Deputados pode votar na sessão de hoje (02/08) projeto que retira dos governadores poder e controle sobre o comando das polícias militares. O texto prevê adoção de uma lista tríplice na escolha dos comandantes-gerais, confere a eles mandato de dois anos e dá autonomia orçamentária às corporações.

*****

O anúncio feito ontem (01/08) por Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, de uma operação militar realizada no último fim de semana no Afeganistão, que matou o principal líder da Al Qaeda, Ayman al-Zawahiri, 71, é o principal destaque da edição desta terça-feira dos jornais O Globo e da Folha de S. Paulo. Zawahiri atuava como número dois da organização terrorista na época dos atentados de 11 de Setembro, abaixo apenas de Osama bin Laden, e era procurado pelos americanos havia mais de duas décadas.