Polícia prende suspeitos de venderem R$ 26 milhões em peças adulteradas para a Petrobras

MegaWhat

Autor

MegaWhat

Publicado

09/Mai/2024 14:39 BRT

Categoria

Óleo e Gás

A Polícia Civil do Rio de Janeiro cumpriu dez mandatos de busca e apreensão em operação sobre empresários suspeitos de vender equipamentos velhos e adulterados para a Petrobras. As investigações são conduzidas em parceria com a estatal.

Entre 2019 e 2022, os investigados, que são todos da mesma família, firmaram cerca de três mil contratos com a Petrobras e receberam R$ 26 milhões em pagamentos. Segundo a Polícia Civil, as peças fornecidas não apresentavam as características exigidas em contrato, além de serem produtos usados, com marcas de desgaste e oxidação. Caso os equipamentos tivessem sido utilizados, gerariam risco para a vida dos profissionais e para a segurança das instalações, de acordo com a polícia.

Os mandatos de busca e apreensão ocorreram nesta terça-feira, 7 de maio, no município de Cabo Frio, no Rio de Janeiro. Pelo menos uma lancha e cinco veículos foram apreendidos.

*Com informações da Agência Brasil