Desenvolve SP triplica investimentos sustentáveis desde março de 2021

Publicado

20/Jul/2022 14:37 BRT

A agência de fomento Desenvolve SP aportou R$ 273,5 milhões em projetos de eficiência energética, energia renovável, saneamento e gestão de resíduos sólidos desde o início da pandemia de covid-19, em março de 2021. Esse valor é o triplo do montante investido em projetos do mesmo tipo nos três anos anteriores à pandemia, quando alcançou cerca de R$ 90,5 milhões.

Com foco na agenda ESG (sigla em inglês para Ambiental, Social e Governança Corporativa), a agência diz que busca projetos que minimizem o impacto da atividade produtiva no meio ambiente. Os interessados em obter os recursos do Desenvolve SP deverão comprovar a adoção de critérios sustentáveis.

“Os bancos de desenvolvimento, cooperativas de crédito e agências de fomento são geradoras de futuro e devem ser a ponte para uma economia verde e sustentável. Por isso vamos trabalhar para que todos os projetos atendam a critérios sustentáveis. A meta do banco para este ano é atingir pelo menos 50% da sua carteira de crédito com projetos ESG”, afirmou Sérgio Gusmão Suchodolski, presidente do Desenvolve SP.

A agência ainda busca estabelecer parcerias com organismos multilaterais com o objetivo de ampliar a captação de recursos destinados a projetos sustentáveis. Em 2022, a Desenvolve SP firmou acordos com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no valor de US$ 110 milhões, e com o News Developmento Bank (NDB), o Banco dos Brics, no valor de US$ 90 milhões.