Neoenergia instala carregadores para bicicletas elétricas em Fernando de Noronha

Publicado

25/Jul/2022 15:32 BRT

A Neoenergia Pernambuco anunciou a instalação de quatro estações de carregamento de bicicletas elétricas na Ilha de Fernando de Noronha a partir de agosto. A iniciativa faz parte do Programa de Eficiência Energética da empresa, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e a expectativa é que o sistema esteja concluído e operante até outubro deste ano.

Os carregadores poderão ser utilizados de forma gratuita pelos usuários de bicicletas elétricas, e a energia consumida pelos equipamentos será gerada por meio de placas solares instaladas na cobertura das estruturas, as quais serão doadas pela Neoenergia ao governo do estado.

Segundo a empresa, cada uma das quatro estações contará com seis conexões, totalizando 24 pontos de carregamento. Elas ficarão localizadas em frente à Praça Flamboyant, no bairro de Floresta Nova. Além das seis conexões de carregadores por estação, serão instaladas duas tomadas comuns para carregamento de outros dispositivos.

“A Neoenergia tem investido no desenvolvimento de soluções de sustentabilidade e preservação do meio ambiente para Fernando de Noronha. A instalação de uma infraestrutura para a utilização de bicicletas elétricas contribui diretamente para uma mobilidade mais sustentável, oferecendo uma possibilidade de deslocamento diferenciada muito procurada por turistas em locais paradisíacos como Noronha”, afirmou o diretor de Relações Institucionais da Neoenergia, João Paulo Rodrigues.

A distribuidora também possui outros dois projetos na região, com o objetivo de desenvolvimento da mobilidade elétrica local. Em parceria com a Bike da Ilha, empresa de aluguel de bicicletas, a Neoenergia Pernambuco vai construir uma quinta estação de carregamento com placas solares nos moldes das quatro primeiras.

Além da instalação de carregadores para bicicletas, a Neoenergia levará 18 veículos elétricos para a Ilha por meio do Projeto Trilha Verde, realizado em parceria com o governo de Pernambuco, Renault, WEG, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Instituto Avançado de Tecnologia e Inovação (Iati), Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Telecomunicações (CPqD), eiON e Incharge.

Os carros ficarão à disposição de pousadas, locadoras, instituições que atuam na região, administração, equipes técnicas da concessionária e outros negócios ligados ao turismo. A intenção, de acordo com a empresa, é analisar a utilização dos veículos em cada setor da economia local.

O Projeto Trilha Verde ainda prevê a instalação de 12 estações de carregamento veiculares, cujo abastecimento será realizado a partir da geração fotovoltaica de duas novas usinas solares da empresa. A potência instalada total das plantas será de 100 kWp, e o excedente será injetado na rede de distribuição de Noronha. Além disso, será implantado um sistema de armazenamento de energia com potência de 100 kW/200 kWh.