Rio de Janeiro prevê atrair investimentos de US$ 85 bilhões em eólica offshore

Poliana Soutto

Autor

Poliana Soutto

Publicado

14/Jun/2022 19:21 BRT

O estado do Rio de Janeiro pretende se tornar um dos principais polos de geração de energia eólica offshore do país. Em nota divulgada nesta terça-feira, 14 de junho, o governo do estado aponta para os nove projetos em fase de licenciamento ambiental no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), e que devem gerar US$ 85 bilhões em recursos para os próximos anos, além de gerar 300 mil empregos, diretos e indiretos.

"Por suas características, o litoral fluminense oferece vantagem competitiva para o desenvolvimento do polo de energia eólica offshore, e também conta com uma cadeia de serviços já consolidada," afirmou o governador Claúdio Castro (PL).

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Cássio Coelho,  teria se reunido com a Neoenergia nesta segunda-feira, 13 de junho, para validar as declarações do governador.

De acordo com o secretário, os projetos de eólica offshore ajudarão na segurança energética estadual, além de desempenhar um papel importante na atração de novos investimentos e arrecadação tributária.