Transmissão

EDP Brasil leva Lote 2 no leilão de transmissão, com RAP de R$ 24,9 milhões, deságio de 45,1%

A EDP Brasil levou o Lote 2 do leilão de transmissão desta sexta-feira, 16 de dezembro, ao oferecer uma receita anual permitida de R$ 24,9 milhões, deságio de 45,1% em relação ao valor máximo do edital, de R$ 45,4 milhões.

A EDP Brasil levou o Lote 2 do leilão de transmissão desta sexta-feira, 16 de dezembro, ao oferecer uma receita anual permitida de R$ 24,9 milhões, deságio de 45,1% em relação ao valor máximo do edital, de R$ 45,4 milhões.

Além da EDP, fizeram ofertas a Eletronorte (deságio de 25,94%), Engie (deságio de 38,5%), o Consórcio Olympus XIV (sem deságio) e Aridan Concessões (deságio de 17,5%).

O ativo contempla uma linha de transmissão em Rondônia em 230 kV Porto Velho – Abunã, CS, C3, com 188 quilômetros, e prevê o aumento da confiabilidade no atendimento ao estado do Acre.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O aporte previsto a ser desembolsado pelo novo concessionário é de R$ 280 milhões, num período de implantação de 60 meses, considerando aspectos fundiários ambientais no investimento, e RAP máxima de R$ 45,4 milhões.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE