Argentina Pan American Energy conclui captação de R$ 1,1 bi com BNDES e BNB

MegaWhat

Autor

MegaWhat

Publicado

02/Jan/2024 11:44 BRT

Categoria

EmpresasEólica

A argentina Pan American Energy informou que concluiu a estruturação financeira de seu primeiro projeto de geração renovável no Brasil, com a captação de R$ 1,1 bilhão junto ao BNDES e ao Banco do Nordeste (BNB). Os recursos serão investidos no Complexo Éolico Novo Horizonte, que terá 423 MW de potência e ficará na Bahia.

Segundo a companhia, o Santander Brasil foi assessor financeiro do projeto para a captação do financiamento de longo prazo e ainda estruturador líder do sindicato de bancos comerciais, em conjunto com Bradesco e Banco do Brasil.

Os contratos de compra de energia (PPAs, na sigla em inglês) usados para viabilizar a operação foram de médio prazo, o que, segundo a companhia, permite maior flexibilidade na sua estratégia. Os bancos comerciais Santander, Bradesco e Banco do Brasil deram garantias bancárias para a captação dos recursos com os bancos de fomento BNDES e BNB.

"A chegada desses desembolsos é um dos marcos mais importantes que nós havíamos proposto quando iniciamos a construção do complexo eólico. Hoje, o empreendimento  já está com 80% das obras concluídas, e esperamos iniciar a operação durante o primeiro trimestre de 2024, ampliando a oferta de energia limpa e renovável no Brasil", disse Alejandro Catalano, diretor geral da companhia.

Sediada na Argentina, a Pan American Energy se apresenta como uma empresa global de energia, com atuação na Argentina, México, Bolívia, Uruguai e Paraguai e, mais recentemente, no Brasil, que busca ser protagonista no desenvolvimento energético da região e está comprometida com a inovação, a transição energética e o fornecimento de energia sustentável e acessível.